31 de agosto de 2015
Uma coisa que sempre tive vontade de me dedicar é um projeto fotográfico ou de alguma blogagem coletiva. Uso minha câmera quando estou afim e normalmente não trabalho com a minha criatividade o que me resulta em frequentes crises de bloqueio da mesma.

Então foi ai que apareceu a oportunidade de participar do Projeto Cotidiano, que foi criado pela Bia Bim do Think Colorful e tem o objetivo de reunir vários blogueiros e fotógrafos para compartilhar experiências de vida e suas fotos durante o mês. O projeto consiste em quatro temas, um por semana, e você tem livre arbítrio para decidir como e quando vai querer tirar essas fotos (o que amei porque odeio seguir essas "regrinhas" de projeto). Os temas são decididos em conjunto pelo grupo do facebook que já esta bombando!

Todos estão convidados a participar desse projeto feito com o coração. Você não precisa necessariamente ser blogueiro (a) para participar, basta ter uma conta no instagram e usar a hashtag #CotidianoThinkColorful (aproveite e me siga lá @bialooha) para todo mundo poder ver as suas fotinhas.


Então vamos começar?

Semana 1 ✈ O que você faz todo dia igual 


Eu, Beatriz, amo ficar no sofá ainda mais quando a Flor (gatinha da foto) deita do meu lado. São muitas coisas fofas e confortáveis ao meu redor e não aguento levantar. Minha mãe até brinca dizendo que o sofá já esta com um buraco exatamente aonde sento todos os dias. Agora nas férias fiquei mais do que nunca porque sempre estou assistindo TV ou usando o notebook então o sofá é o que tem pra hoje, amanhã e pro resto dos tempos.


Semana 2 ✈ Coisas que você comeu ou cozinhou


Jabuticaba... Uma fruta e um amor. Não tem nem o que dizer sobre, só explicar que amo jabuticaba então me deliciei em meio quilo inteiro só para mim <3 Ah, o tema era para alguma coisa que você cozinhou mas como eu não cozinho nada (sou péssima na cozinha) só tirei foto de um momento mais que saboroso. 


Semana 3 ✈ Pés, por onde andaram e como


A um ano atrás a minha irmã entrou no Bloco de Pedra para brincar maracatu e desde então nunca mais saímos. O maracatu é um ritmo afro-brasileiro que tem origem o estado do Pernambuco. É uma pegada muito legal, vários instrumentos e muita gente do bem. Qualquer dia venho contar para vocês um pouquinho do maracatu com fotos, videos e tudo que tiver direito! Essa foto foi tirada em um evento muito massa no Morro Doce- SP em que o Bloco de Pedra foi se apresentar. Esses pés percorreram um cortejo dentro da comunidade da 16 e fizeram a alegria de quem quis aproveitar um dia ensolarado de São Paulo, levando muito axé para aquele evento super bem organizado que é o Art In Home.


Semana 4 ✈ Cantinho preferido da minha casa


Clichê seria dizer que o meu canto preferido na casa é o meu quarto ninho mas como sou uma pessoa bem clichê... Na verdade não tenho um canto preferido porque moro em apartamento e é tão pequeno que não muda muita coisa de um lugar para o outro. Meu quarto tem as minhas coisas, minha bagunça e uma janela que todo dia entra essa luz maravilhosa que me faz ficar brincando todos os dias antes de levantar e começar o dia. No meu quarto eu posso ser quem eu quiser, só fechar a porta que meu mundo fica escondido la dentro. Também é aonde vive meus novos amores, cinco suculentinhas adoráveis <3

Este foi o Projeto Cotidiano de Agosto! Vamos confessar que minha vida não é muito interessante mas preciso treinar meu olhar fotográfico e esta esta sendo a minha "desculpa" para levar a câmera a todos os lugares e ficar treinando algo que gosto tanto.

Para acompanhar as outras meninas entrem no grupo do projeto lá no Facebook e participe você também! Beijos de luz.

Marcadores: ,





2 comentários • por Beatriz Ferreira •






14 de agosto de 2015

Hoje o post é para inspirar e levar para a vida toda. Quem é a pessoa que tenha o espírito viajante e nunca sonhou em conhecer todos os países do mundo? Pessoas aventureiras e que sonham em conhecer diversas culturas e lugares no mundo deviam aplaudir este cara de pé. Infelizmente não é grande parte da população no mundo que tem a oportunidade que Gunnar Garfors teve.

Nascido na Noruega, Gunnar ganhou o prêmio do Guiness World Records por ter visitado cinco países, cinco continentes diferentes, em apenas um dia! O norueguês também ganhou vários outros recordes como o mais novo viajante que completou todos os países ou por ter visitado dezenove países em apenas um dia. 


Peru-Istambul-Rome-Chad
Antártica-Mustique Island-Somália

Malta-Deserto do Irã-Cabo Verde-Punta Cana

No final das contas o norueguês de 37 anos visitou todos os 198 países do globo (193 países das Nações Unidos mais o Kosovo, Vaticano, Palestina, Saara Ocidental e Taiwan) envejei. O cara ainda escreveu um livro chamado "198 How I Ran Out Countries" pra contar suas experiências, deixar a gente com água na boca e morrendo de vontade de viajar. O livro da várias dicas de como sobreviver a essas viagens, como ele guardou dinheiro e como soube economizar. O escritor e viajante diz que um dos maiores conselhos é simplesmente sorrir e abordar pessoas, assim sempre terá novos contatos.

O cara começou a viajar aos 17 anos e nunca mais parou. O último país que restava na lista de Garfors era Cabo Verde que teve missão concluída, com sucesso, no dia 8 de Maio de 2013. Para dar várias dicas e divulgar seu trabalho Gunnar Garfors tem um blog aonde podemos ler relatos de vários países por onde ele passou e ainda acompanhar as novas aventuras que o cara sempre faz.

Afeganistão-Uzvekistão-Punta Cana-França

Noruega-Oslo-Irã-Chile
Cabo Verde-Coréia do Sul-China-Bhutan

O que eu queria mesmo que vocês aprendessem com este post é pra não colocar meta. Vamos deixar a meta aberta mas, quando atingirmos a meta, vamos dobrar a meta. Entendeu? Brincadeiras a parte hehe mas é sério, vamos correr atrás dos nossos sonhos e se tivermos uma meta vamos fazer de tudo para alcança-la. O cara é pra inspirar e pra fazer a gente rever como somos tão minúsculos em um mundo tão grande como o nosso.

Quanta inspiração hein! Conta ai pra mim o que acharam desse cara e quais dos destinos que ele foi você mais gostaria de conhecer?? Para conhecer mais do trabalho de Gunnar segue abaixo os links com suas redes sociais.


Marcadores: ,





0 comentários • por Beatriz Ferreira •






11 de agosto de 2015

Hoje é um dia muito especial, pelo menos para mim, porque é meu aniversário! O mês de Agosto sempre é muito especial, sempre acontece coisas incríveis e momentos que vou levar para o resto da vida. Como uma leonina de verdade gosto de me achar falar um pouquinho do meu aniversário e dessa vez compartilhar com vocês algumas curiosidades.

Alguém se lembra que a um ano atrás eu vim aqui e fiz uma listinha de 17 coisas que todo intercambista deve fazer? Pois bem, este ano trago para vocês as 18 coisas que eu fiz no meu intercâmbio e isso me deixou morrendo de saudades de um ano atrás que eu nem sabia se meu visto iria ficar pronto lembram? Graças a uma divina força superior deu tudo certo e hoje venho dizer que durante este ano aprendi tanta coisa e tive tanta experiência boa que foi difícil escolher apenas 18 coisas que fiz no meu intercâmbio.


Nesses 18 anos de aprendizagem na vida houveram muitos momentos de sorrisos e muitos momentos de lágrimas que fizeram com que eu aprendesse a cair e a me levantar, apesar de algumas vezes ainda precisar de uma mãozinha, e tudo isso serviu de amadurecimento. A maioria desses tombos foi durante esses 10 meses que passei longe de casa, o que fez com que eu aprendesse ainda mais a me virar sozinha e poder experimentar o gostinho da vida após os 18 aonde tudo exige uma responsabilidade a mais.


Fico muito feliz por estar aqui mais um ano de vida escrevendo no meu cantinho preferido e para isso vamos parar de blablabla e ir direto ao assunto hahaha


  Comi muito por isso engordei muito também 

 Gastei muito dinheiro com viagens e lugares que eu queria conhecer 

 Fui para Chicago duas vezes 
 Fiz um curso técnico de Design Gráfico 
✈ Consegui sobreviver a uma temporada de atletismo (e hoje sinto muita falta) 
✈ Andei em um lago totalmente congelado 
✈ Aprendi a fazer cookies 
✈ Dancei em todas as festas que fui 
 Voltei falando bem o inglês 
10  Conheci gente de uma grande parte do mundo. Alemanha, México, Vietnam, Guatemala, Índia... 
11  Fui a jogos de basketball, softball, baseball, football, voleyball mais os track meetings 
12  Criei uma relação muito boa com a minha host family 
13  Tirei fotos de shorts na neve e com a temperatura -3º C
14  Fui a várias fogueiras e comi s'mores 
15  Aprendi a valorizar tudo que tenho e a agradecer tudo o que meus pais podem me proporcionar 
16 ✈ Me fantasiei e pedi doces no Halloween 
17 ✈ Fiz viagens inesquecíveis com a minha família e com meus amigos 
18  Usei muito a desculpa "Ai eu me perdi! Teria como você me dar mais tempo para fazer a prova, trabalho, lição? Não estou conseguindo entender o inglês" rsrsrs 

Essas foram as 18 coisas que fiz no intercâmbio. Vocês conhecem alguém que já passou por alguma situação parecida? Conta ai! Espero que tenham gostado e que me acompanhem até o ano que vem <3

Marcadores:





0 comentários • por Beatriz Ferreira •






4 de agosto de 2015

Desde que cheguei aqui nos Estados Unidos quis ir para Chicago, até porque são apenas duas horas de viagem ate lá. Estava programado para irmos em Dezembro mas minha host mom gastou tanto no Black Friday que estava sem dinheiro então deixamos para o Spring Break. Foi então que uma mulher da igreja nos convidou para irmos com ela já que dois parentes tinham desistido de última hora e ela tinha dois tickets para um ônibus de viagem mas que na verdade é aquele de compras igual quando o pessoal do interior freta um ônibus para ir fazer compra na 25 de Março. 

Isso tudo aconteceu em dois dias e eu só tinha $30. Acordamos bem cedinho e fomos para Paw Paw aonde o ônibus estaria nos esperando. Pegamos o ônibus que por sinal era muito legal, bem confortável, com free WiFi e como estávamos na época do Natal fizeram um sorteio com vários brindes legais, como de costume sou muito azarada e não ganhei nada. 

Logo após 2hrs de viagem chegamos a Chicago, foi quase surreal ver tanto prédio e gente andando na rua depois de tanto tempo olhando apenas para o milho, deu aquela sensação de que existe mundo fora da caixa. 



Parecíamos caipiras pela primeira vez na cidade grande pois não sabíamos pra que lado ir. Tínhamos um mapa e decidimos ir conhecer um shopping que estava perto de nós. O shopping é bem grande e se chama Woodfield Mall ondetem a Nordstorm e muitas outras lojas legais e de grife.








Após andarmos por todo o shopping fomos andando pela Michigan Avenue e parando nas lojinhas pelo caminho como a loja de doces, loja da famosa pipoca de Chicago até chegarmos no ponto turístico mais famoso da cidade que é o Cloud Gate. Lá é bem legal e no meio de uma praça bem bonita, estava tudo enfeitado para o Natal o que deixou o local mais iluminado e com bastante turistas. Demos uma espremida e até conseguimos tirar umas fotos bem legais.








Como o tempo era curto não ficamos muito tempo lá então fomos almoçar em um restaurante que tem a melhor pizza que já comi na vida. Passamos no Walgreens para comprar alguns snacks e bebida já que em outro lugares eram um absurdo de caro. Andamos, andamos, andamos e continuamos andando até chegar na Macys  (111 North State StreetChicago, IL 60602) que é ENORME com sei lá quantos andares que você se perde lá dentro fácil. Fiz minha primeira compra na MAC Cosmetics e estava bem feliz, fomos conhecer a loja e tirar algumas fotos.



O tour na Macys foi bem rápido então saímos para ver as vitrines que são bem conhecidas pela decoração de natal. Eu não achei nada demais e todas estavam tão lotadas que parecia que a Beyoncé estava vestida de mamãe noel posando pra tirar foto. Foi então que eu brasileira ouvi uns batuques que pareciam maracatu e ai corri pra dar uma conferida mas na verdade era um grupo de africanos que faziam um som muito legal com tambores de plástico e tudo em uma vibe reciclável, fiquei encantada. 




Old Navy e na frente tinha muitas lojas que eu queria ver mas não tínhamos tempo pois queríamos ir para um outro shopping enorme que tem em Chicago com todas as lojas que você pode imaginar. Para irmos até lá pegamos um táxi e eu me senti em O Diário Veste Prada quando Andy chega em Paris e observa tudo com brilho nos olhos. 


Este tão famoso shopping se chama Water Tower Place e é bem bonito, estava tão lotado que precisei tirar todos os meus casacos possíveis pois estava morrendo de calor. Fomos a Vicroria's Secret, F21, Sephora, LEGO Store e muitas muitas outras lojas. Era tão grande que conseguimos nos perder lá dentro




O dia estava chegando ao fim e estávamos famintos o que nos restou ir a um restaurante maravilhoso que a partir deste dia virou o meu preferido. O nome é The Cheesecake Factory e não só vende cheescake mas como todo tipo de comida saborosa. Fiz um pedido de um frango com aspargos que estava divino! Para a sobremesa, confesso eu que estava ansiosa para esta parte, pedi um Lima Cheescake que foi uma das melhores coisas que já comi na minha vida. Tinha um sabor cítrico como de lima e docinho com um chantilly caseiro não muito melado, estava tudo na medida certa. 


Após tanta comilança saímos de lá até tristes mas o dia não tinha acabado e ainda tínhamos que andar bastante até chegar no ponto em que o ônibus nos buscaria. Passamos pela H&M e de longe vi a TopShop e outras lojas incríveis. Como a noite chegou as luzes natalinas foram acesas e tudo ficou mais perfeito do que já estava. A decoração estava impecável mas estava bem frio e ventando bastante fazendo jus o apelido da cidade windy city.  

Infelizmente eu não tinha $$$ então o que gastei foi com comida ate porque era o necessário mas ainda consegui comprar um batom da MAC que estava louca e a Bonnie me deu outro de natal, Beatriz estava des-ma-i-a-da. 





Voltamos para o ônibus cansados e eu com aquela vontade de morar em Chicago para sempre mas ai caiu a ficha que moramos na roça, depois disso eu tive a certeza que só volto para os Estados Unidos se for para vir em uma cidade grande mas agora quando se trata de Kalamazoo e Decatur.... não, não é pra mim. Até agora estou apaixonada por Chicago e pretendo voltar lá mais vezes para conhecer o que não tive oportunidade. Acho bem bacana você ir se tiver oportunidade mais vai com a cabeça aberta para conhecer e não para fazer compras porque aquele lugar é um absurdo de caro até mais que São Paulo mas vale a pena todo centímetro em que você andar por lá ❤

Marcadores: , , ,





3 comentários • por Beatriz Ferreira •






3 de agosto de 2015

Nunca imaginei que recomeçar um blog fosse mais difícil e que me tomasse mais coragem do que iniciar um.

Meu nome é Beatriz Ferreira e criei o Voyageur com a proposta de contar tudinho sobre meu intercâmbio para os Estados Unidos. Fui e depois de doze meses voltei com três malas enormes (e uma carry on) de coisas pra compartilhar com quem tem o mesmo sonho que a Beatriz de um ano atrás. Gostaria de explicar que deixei tudo de lado porque eu mesma quis, o blog estava tomando o tempo em que eu poderia estar aproveitando a melhor experiência da minha vida e foi ai que deixei tudo de lado e fui viver o que eu tinha para viver. Então vivi e hoje estou aqui para recomeçar o que ainda não terminei.

O Voyageur foi um projeto muito importante na minha vida e que me dediquei noites e noites para que se transformasse em realidade e apesar de tudo não consigo deixar de lado o cantinho que construí, e que passa por contínuas reformas, para compartilhar as minhas experiências.

Então o que será de tudo isso?

Sinto que será um recomeço sem maiores interesses, promessas ou expectativas. Irá fluir naturalmente assim como tudo na vida de um (a) leonino (a). Sem começo, meio ou fim. Tudo misturado mas ao mesmo tempo tudo muito organizado.

Espero que vocês possam acompanhar essa nova fase do blog e da minha vida e sejam novamente bem vindos (as) viajantes!

Marcadores: ,





0 comentários • por Beatriz Ferreira •







sobre


Beatriz, 16, Leonina, Paulistana e Intercambista. Mais?

Facebook Flickr Tumblr WeHeartIt Image Map

pesquise



categorias

instagram

arquivos

info
Voyageur - 2014 ©

Todas as postagens aqui contidas são de autoria de Beatriz Ferreira, exceto quando apontado o contrário. As imagens utilizadas são fruto de reproduções, e se você teve seu conteúdo publicado aqui e deseja que seja retirado, entre em contato em e-mail.





Design e codificação por Júlia Duarte. From scratch, with ♥ Powered by Blogger.